Amar Amar Amar

Eles nunca me entendem.

Como podem me entender?

Para mim não há a razão, só há o amar amar amar.

 

Se o coração não dispara

Se não vejo o brilho no teu olhar

Como posso te entender?

Nas ruas dos teus olhos queria naquela noite te encontrar.

Como posso te amar amar e amar?

 

Um por causa, outro por razão

Escolhas atiradas na sorte

O acaso por precisão.

 

Nunca soube quem me escolheria

Nunca conheci a certeza da vida.

 

Naquele barco afundou teu beijo.

Para o outro os beijos são de solidão.

 

O vazio da tua ausência me acompanha desde janeiro.

Escolhi a escolha sem causa na amargura dessa correnteza braba

Afundo na minha doce amargura de

amar amar amar

só.

Anúncios

Sobre indelevelsabina

Uma amante anônima.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s