Arquivo do mês: dezembro 2015

Amar Amar Amar

Eles nunca me entendem. Como podem me entender? Para mim não há a razão, só há o amar amar amar.   Se o coração não dispara Se não vejo o brilho no teu olhar Como posso te entender? Nas ruas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário